10/01/2014

Dear Abbie: Capítulo 1

Quando você diz que me ama
Não, eu te amo mais
Quando você diz que precisa de mim
Não, eu preciso mais de você.
Miley Cyrus - Adore You.
Abbie P.O.V
Acordei com a droga do despertador tocando. E o inferno começa novamente. Odeio as segundas-feiras. É uma mistura de tortura com desespero. Como a vida é injusta, levantei completamente sem ânimo da cama em direção ao banheiro.
Tomei um banho gelado para acordar. Assim que terminei, fui em direção ao closet e me troquei. Coloquei uma calça jeans, uma blusa branca e um casaquinho preto. E eu, com os meus 1,60 de altura, odeio salto alto. O que me falta é coordenação. Como vou andar nessas agulhas que chamam de calçado? Coloquei um sneaker vermelho, bege a azul escuro. Passei uma maquiagem pra disfarçar minha cara de ressaca de fim de semana. Prendi meu cabelo em um coque alto e coloquei um brinco grande. Coloquei os óculos. Não estava com disposição para colocar lente de contato.
Encontrei Kams na cozinha tomando café.
-Hoje tem um louquinho novo pra Drta. Maguire?
-Ah, não chame eles assim. Eles só são vítimas da sociedade, como todos nós.
-Uau, você defende eles como se fossem seus filhos.
-Eles são meus amigos, dona Kamille. E eu ajudo eles.
-É engraçado isso.
-Isso o quê?- perguntei confusa.
-Você, resolvendo os problemas dos outros mas não sabe resolver nem os próprios problemas.
-É diferente quando se trata de outras pessoas. E outra coisa, não tenho problemas considerados graves. Qual é, tenho 21 anos. Sou jovem e resolvida e isso é o que conta.
-Sim, sim Abbie. Mas e sobre o amor?
-O importante é ter saúde, Kams.- ela riu.
-Típica frase de solteirona.
-Como se você estivesse compromissada.
Escovei meus dentes e peguei minha bolsa. Peguei as chaves do carro e ia saindo.
-Não vai me dar carona, não?- Kams disse antes que eu pudesse ao menos passar pela porta do apartamento.
-Vem logo então. Estou te esperando no carro.- disse e fechei a porta.
Fui em direção ao elevador e entrei, apertando o botão do subsolo em seguida. Na garagem, caminhei em direção ao Corolla preto. Apertei o botão do alarme e entrei. Escutei o refrão de Just The Way You Are, Bruno Mars. Meu celular tocando. Atendi sem ver quem era me ligando logo pela manhã.
-Alô?- disse assim que deslizei meu dedo pelo botão na tela.
-Drta. Maguire?
-Eu mesma.
-Bom, sou um de seus pacientes. Bryan, lembra-se de mim?
-Claro que sim, Bryan. O que posso fazer por você?
-Estou com um pouco de medo de sair de casa. Poderia me dar alguma dica?
Brian é um paciente que tem síndrome do pânico. Ele não se sente em seguro em lugar algum sem ser dentro de casa. Ele acha que algo pode acontecer e que ele pode morrer em qualquer momento.
No mínimo ele deve estar sentado no canto da sala abraçado aos joelhos e se balançando.
-Lembre do que eu lhe disse. Disse que o medo está apenas em sua mente. O perigo é uma coisa de sua imaginação. E medo, todos nós temos, só não podemos deixar ele nos dominar.
-Muito obrigado, Drta. Maguire. Nos vemos essa semana?
-Bryan, seu horário é na quarta que vem.
-Ah, tudo bem. Obrigada, de verdade.
Desliguei o telefone antes que ele pudesse ficar com medo de alguma outra coisa.
-Pronto, Abbie.- Kams disse entrando no carro.
O caminho inteiro fomos conversando, brincando e cantarolando as músicas que tocavam no rádio. Praticamente gritávamos a letra de Daylight. Cantávamos tão alto que era impossível escutar a voz de Adam Levine.
Parei no estacionamento da clínica e fomos andando até o prédio. O meu consultório e o de Kams eram em frente um ao outro. Ou seja, eram opostos. Destranquei a porta que continha uma plaquinha, dizendo:
Abigail Maguire - Psicóloga.
A secretária chegou atrás de mim e já foi iniciando o sistema, enquanto eu entrava na minha sala. Deixei minha bolsa em um dos armários e fui até a recepção ver se o paciente das 9 havia chego.
Eya gatenhas! Obrigada msm por todo o apoio, que bom que vcs gostaram!
Primeiro de tudo, a Garota do Blog tem um blog de fofocas onde ela posta as coisas mais terríveis sobre as pessoas, fazendo os outros odiarem aquela pessoa e essa venenosa vai aparecer a partir do capítulo 11.
Respondendo coments:
Taay: Aaai q bom q vc gostou, flor! Postei e.e bjs pra ti tb
Canadian Boys: EXATAMENTE! akofjnsjhagsuidhf anw q bom ^^ continuei bjinhos.
Duda: AAAAH ESCANDALOSA! Q BOM Q AMOU :)) POSTEI andjsfnuas
Júúlie: Q bom q bom q booom! E é meio PLL com Gossip Girl -a garota do blog- continueei maridinha linda do meu coração! <3
Joana: ainda bem q gostou! auhdsaubhfuahfus postei e.e
Beijos amores, amo vcs.
-Carol

5 comentários:

  1. será que esse paciente das nove seria o Justin? e.e
    continua amr.

    ResponderExcluir
  2. Continua super curiosa rsrs

    Ass: Stefany

    ResponderExcluir
  3. Será q esse paciente é o Justin?
    GOSTEI DEMAIS O PRIMEIRO CAPÍTULO!
    Continua, xoxo *-*

    ResponderExcluir