07/11/2013

She will be loved *-* Cap. 18

(Eu sinto falta do nosso tempo)
Fico desejando que você seja minha
Quando você já é minha
Não, você não precisa tentar
Porque você é perfeita aos meus olhos
P9- Love you in those jeans <3

Ele mordeu os lábios receoso e se inclinou rapidamente pra mim e me beijou, eu fiquei paralizada com os olhos abertos, Scot era um rapaz lindo, todas babavam por ele, mas eu não. Logo eu fui me acostumando com aquilo e fui cedendo aos poucos... Não acredito que estou fazendo isso
XxXx: Pode parar com essa palhaçada aí -me virei depressa e empurrei ele. Ai merda!

Eu: Justin espera... -me levantei desesperada
Scot: Alexys -me olhou assustado
Eu: Foi.. Foi ele que me beijou -comecei a gaguejar
Jus: -ele ficou balançando a cabeça negativamente- Eu disse pra você não falar mais com ele
Eu: Acredita em mim do jeito que eu acredito em você -segurei sua mãos 
Scot: O que você está fazendo? -tocou em meus ombros
Eu: Eu disse que te perdoava... Não que você poderia me beijar -virei a cabeça pra ele
Jus: Vamos sair daqui -me puxou

O caminho foi muito tenso, Justin não falava nada, eu tentava me explicar do jeito que pudia, mas não era o suficiente, ele sempre me olhava repreensivo e com a mandíbula precionada... Seu rosto batia no sol e fazia seus cabelos dourados ficarem mais claros, sua boca criar um tom mais avermelhado... Assim como sua face, que estava vermelha de raiva, ou dor apenas.

Nós sentamos em uma mesa afastada de todos e ele me olhou profundamente, o silêncio desmascarava todas as verdades escondidas, era como se a cada segundo ele soubesse o que se passava pela minha cabeça...

Jus: -abaixou a cabeça e por fim falou- Eu... -o interrompi
Eu: Acredita em mim... Você acha que depois de tudo que ele fez eu beijaria ele?
Jus: Eu... -começou de novo- Eu acredito em você
Eu: Então por que é difícil deixar isso claro pra mim?
Jus: Porque também é difícil deixar claro pra mim... Eu sabia que ele tentaria algo com você -acariciou minhas mãos- Não quero te ver triste de novo
Eu: Justin eu gosto de você. Eu... Eu não sei por que você, mas é apenas você.

Ele abriu um sorriso largo e me abraçou de frente... Eu estava feliz por ter ele ali do meu lado, acabei me conformando que aquilo era real e que eu finalmente poderia ser amada por alguém que me aceita...

[...]

Tocou o sinal pra ir embora e eu saí correndo, procurei Justin e ele estava a minha espera, fui pra casa dele, que novidade! Mas antes liguei pra Li e avisei ela, ela ficou botando malicia em tudo, mas eu nem liguei, não queria me estressar com ela ali, pelo menos não agora.

Jus: Eu estava pensando... Como você se imagina daqui a alguns tempos? -deitou na cama
Eu: Hum... Acho que feliz, talvez. Só não quero ser esquecida pelo mundo -sentei ao seu lado
Jus: Como assim?
Eu: Quer dizer... Eu não quero que o munda me esqueça, sabe. Não quero ficar dependendo de um asilo pra sobreviver e enfim quando estiver na minha hora de partir eu não quero morrer em um lugar como aqueles engasgada com minha própria bílis
Jus: -soltou uma risada- Pega leve...
Eu: Não dá pra pegar leve, eu preciso pegar pesado mesmo. Fala aí, quem gostaria de ter um fim desses? Procurar por alguma coisa a vida inteira e acabar se encontrando em um asilo perto de casa.
Jus: Você tem razão -sorriu
Eu: E você? -dei uma batidinha na sua coxa
Jus: Ah, eu quero ter uma família com muitas crianças... Quero fazer um time de futebol com todas elas -riu
Eu: Haja barriga pra sua esposa -ri
Jus: Ta com fome? -se levantou
Eu: Morrendo!

Descemos pra cozinha e a mãe dele nos flagrou em cheio, eu fiquei com vergonha de me pronunciar, então Justin fez as honras

Jus: Mãe essa é a Alexys, Alexys essa é minha mãe, Pattie
Pat: Justin me disse sobre você -sorriu
Eu: Espero que coisas boas -ri vergonhosa
Jus: Estamos com fome, mãe
Pat: Sentem lá na mesa então -voltou pra cozinha

Justin entrou com ela e eu me sentei na mesa, pude escutar uns cochichos vindo da cozinha, mas não identifiquei direito, cheguei mais perto e pude escutar um pouco de: " Então era ela?" "Era -riu- Ela é muito linda não é?" "Muito mesmo... Meu filho namorando aawn" "Que namorando o que mãe!" "Ainda não pediu?" "Não sei se é o momento certo e..." " Justin, claro que é o momento certo, menino. Você não viu o jeito que ela olha pra você?"

Depois disso eu me distanciei da porta sorrindo um pouco, mas com muita vergonha. Não sabia que estava tão na cara que eu estava afim dele... Fiquei esperasndo mais uns minutinhos e eles apareceram

[...] 

Eu estava pegando minhas coisas pra ir embora de lá, passar tempo com ele foi bom, apesar de não ter rolado nada a tarde toda, foi como se fossemos amigos, apenas, não ficantes... Foi bom, muito bom, mas eu estava desanimada um pouco... Estava com saudade dele

Jus: Tchau baixinha -me abraçou e parou o carro
Eu: Baixinha seu dedo -fiquei brava
Jus: Awn, ela ta brava?
Eu: -rolei os olhos- Tchau
Jus: Epa -me segurou- Cadê meu beijo?
Eu: Vai tomar banho Justin!
Jus: Vem cá -me deu beijo no rosto- Doeu? -fiz que 'sim' coma cabeça e ele me deu um selinho- E agora?
Eu: Não -ri- Tchau -acenei e saí do carro
Jus: Amanhã às 4:00 pm me encontra na cafeteria em frente a sua casa ok?
Eu: Pra que?
Jus: Só vai pra lá
Eu: Tá! -entrei no prédio

Justin On~

Depois que deixei ela em casa liguei correndo pra Chaz... Ele tinha que me ajudar amanhã... Ele querendo ou não, o plano teve que ser antecipado, e eu estou um tanto receoso à isso... Mas tudo bem... Acho que encaro isso numa boa, talvez.

Quando cheguei em casa Chaz já estava sentado no sofá encarando a televisão desligada, me aproximei dele sem dizer nada, era como se ele estivesse paralisado pensando em alguma coisa muito, muito importante. Fiquei com uma pontada de curiosidade, mas passou.

Eu: Hey -parei na frente dele
Chaz: Ah, oi Justin -disse finalmente se despertando 
Eu: E aí, recebeu minha mensagem? -sentei
Chaz: Uhum -assentiu- O que foi?
Eu: O plano... -a cara de Chaz fechou- Vai ter que ser adiado
Chaz: O QUE? MEU FILHO VOCÊ É RETARDADO? Pera, eu esqueci com quem eu estou falando -rolou os olhos
Eu: E vai ser adiado pra amanhã
Chaz: Seu rabo que eu vou ter que conseguir todas aquelas porras em uma merda de dia!!

Me assustei, nunca tinha escutado tanto palavrão em uma só frase... Fechei a cara e Chaz acabou se desculpando pelo que disse, mas ele continuava bravo, muito bravo

Chaz: Você vai pagar ta ouvindo? VOCÊ! -se levantou depressa 
Eu: Ta, eu pago, mas precisa ser tudo pra amanhã senão não da certo
Chaz: Não entendo, você é mó gostoso, pode pegar quantas quiser e quer justo a gostosinha nova? Cara eu não te entendo
Eu: Eu sei que sou gostoso... E não chama ela assim u-u 
Chaz: Por que ela?
Eu: Não sei, ok? NÃO SEI. Ela é tudo, sabe... Ela é a base de tudo, ela consegue ser importante mesmo não se importando, consegue revirar sua cabeça sem tentar, ela tem mistérios que ninguém sabem, ela ama viver o hoje e odeia pensar em morrer em asilos -ri
Chaz: Ta, chega. Só dessa baboseira me deu ânsia
Eu: Babaca -taquei uma almofada nele

[...]

Alexys On~

Acordei com o barulho da minha porta batendo forte, esfreguei os olhos e olhei pra qualquer lugar, eu escutei conversar na sala e caminhei devagar até ela, escutei vozes de um homem e de Li, quando cheguei os dois estavam se beijando no sofá, olhei aquela sena com nojo e voltei pro meu quarto correndo

Entrei no banheiro e parei em frente a meu espelho e fiquei me observado, fiquei com nojo da sena que vi, mas com saudade de ontem... Foi tão bom... Eu estava alegre e agitada, apesar de hoje as aulas serem péssimas.

Eu pensei direito e vi que eu não consigo parar de pensar naquele traste, eu sorria involuntariamente, ele conseguia me deixar louca, sem ele eu perco meu rumo, eu fico menor... Eu tenho os mesmos gosto, às vezes -risos-. 

O meu desespero é que quando tudo isso acabar ele fiquei inteiro e eu o pó, o resto do amor que tinha... O resto. Chacoalhei a cabeça pra aqueles pensamentos saírem da minha cabeça e enfim lavei meu rosto com água bem gelada.

Me vesti e vou confessar, essa roupa eu mesma que fiz o conjunto e ficou até que legal, tava meio frio então dava pra aproveitar aquele casaco, prendi o cabelo por causa do vento, que bagunçaria meu cabelo todo... Olhei no espelho e fiz um coque que era mais bonitinho e fui pra escola

Eu: Oi -disse desconfiada
Li: Oi amor, como está? Acordou cedo...
Eu: É, vejo que você também -peguei uma maçã, como sempre, e a fuzilei 
Li: Hã? -se fez de desentendida
Eu: Você sabe que mais cedo ou mais tarde eu descubro né?
Li: O-o que v- você tá falando -riu nervosa
Eu: Nada -sorri maléfica- Nadinha -fechei a porta e fui pro colégio

Ela não me engana, não por muito tempo...

[...]

Lara: Ta, eu te desculpo, vem cá -me abraçou forte
Eu: Eu já conversei com seu irmão, eu não queria mesmo ter feito aquilo...
Lara: Já passou -sorriu e prendeu seu cabelo em um coque alto
Eu: Vem pra pedra comigo?
Lara: Onde?
Eu: Pra pedra... Onde eu fico todos os dias
Lara: Hum... Ta bom -sorriu

Levei ela até lá e Justin estava a minha espera, quando cheguei com ela ele fez uma cara de dúvida, mas logo se acostumou com sua presença

Eu: Justin essa é Lara. Lara esse é Justin
Lara&Jus: Prazer -rimos
Jus: Amiga da Alexys?
Lara: Exato. -me cutucou e sussurrou um ''você tem sorte"
Eu: Ele só é meu amigo -lancei um olhar pra Lara 
Jus: Que amigo nada, ela me ama -me abraçou por trás e eu rolei os olhos
Eu: Estamos ficando -sorri
Lara: É... Eu percebi -riu e piscou pra mim- Vou saindo -saiu antes que eu pronunciasse algo
Eu: Espantou a garota você -me virei pra ele
Jus: Eu nada -riu- Vai estar as 4:00 pm lá no café?
Eu: Vou -sorri- Mas não entendo esse mistério todo.. besteira, amor -escapou da minha boca
Jus: Como?
Eu: Q- quer d- dizer.. J- Justin -corei e ri envergonhada
Jus: Awn que linda -apertou minhas bochechas- Eu sei que você me ama... amor -sorriu
Eu: Convencido -beijei sua bochecha

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
AEEEEEEEEEEW!! VOLTEI NEGAAAAAAAAS!!!
Fui na BT e foi FANTÁSTICO! Conheci o P9 (eles ficaram hospedados no meu hotel) e consegui ver o Justin de perto... Foi muito bom e pra vcs que não foram em 2015 ele está de volta, então... Não deixem de acreditar!!!!
Adorei cada momento... Quero me desculpar pelo atraso do capitulo (que novidade) e falar que estou adorando ter esse momento leitora e escritora com vcs... Sério, vcs me motivam a escrever, eu amo vcs Justineras <3
Um grande beijo pra vocês e espro que gostem desse capitulo!!!
Divulgando: 
 http://looveeimaginebelieber.blogspot.com.br
E pra quem quer saber a fic que estou lendo o nome dela é: An Angel Come to me... Só pesquisar que vão encontrar... Sério, mto perfeito, eu adorei!

BEIJUSTEEEEEEEEEEEEEEEEEEN :*
XOXO

-Gih <33'












3 comentários:

  1. AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH PERFEITO DEMAIS!! CONTINUA PELO BIEBER AMADO!!

    ResponderExcluir
  2. Nossa, esta muuito perfeito e pelo jeito o pedido de namoro vai sair hahaha
    Continua

    ResponderExcluir