02/10/2013

1º Cap. "Destiny"

"A jornada é o que nos traz a felicidade, não o destino."
-Poder além da Vida


5 de Novembro de 1997
-Aaaaaaah-ela gritava de dor-
-Aguenta firme Marie,já estamos chegando.
Naquele momento tudo que Marie queria era tirar aquela criança de dentro dela,as dores de parto eram insuportáveis,ela não aguentava mais,era sua primeira filha,por todo o verão desejou não ter aquela bebê,mas ela não teria coragem de matar uma pobre e inocente criança,tinha medo do que pudesse acontecer com a criança,tinha medo de não poder criá-la...Abandonada pelo homem que tanto amava,deixada de lado pela família que se dizia que apoiaria ela em qualquer coisa...agora era só ela,apenas ela,sozinha no mundo...Mentiras...ela tinha alguém,uma pessoa muito boa,sua patroa,limpava a casa dela há anos,já fazia até parte da família...ela que estava neste momento tão doloroso com Marie.
Elas chegaram ao médico as pressas,um hospital de classe,pessoas finas,Marie até levou um susto,nunca tinha pisado em um hospital tão organizado.
-Olá senhorita Pattie o que deseja?-a recepcionista perguntou com uma cara agradável-
"Nunca vi alguém trabalhar feliz assim em um hospital"-Marie pensou se distraindo um pouco das dores,estava pasma-
-Olá,essa moça precisa ir imediatamente ganhar o bebê o caso dela é grave!
Sim,o caso dela era grave..o bebe poderia morrer a qualquer instante,devido a falta de nutrientes que ele ou melhor ela não tinha.
-Espere um momento!
A recepcionista fez uma ligação e logo menos já estavam na sala de parto...Marie gritava enquanto fazia força...Pattie estava a todo momento segurando em sua mão...Nasceu...era uma menina,linda e saudável...
Marie pegou ela em seus braços e imaginou como seria sua vida com ela,trabalhar cedo para ajuda-lá em casa,se meter com as pessoas erradas,ter um péssimo ensino e não aprender nada....e no fim?acabar como ela....sua feição mudou...não poderia ficar com aquela criança..ela merecia um futuro melhor...
-Não posso ficar com ela-Marie disse cabisbaixa,porém decidida-
-Porque?-Pattie disse olhando aquela menina linda-
-Ela merece um futuro melhor....
Houve um grande tempo de silêncio naquela sala,a menina era linda mesmo,e nem tinha carinha de joelho...estava quieta,não chorou,só ficou quietinha ali deitada nos braços de sua mãe.
-Eu fico com ela-Pattie disse decidida olhando aquela carinha fofa-
-Sério?
-Sim,mas você irá ter que sumir de nossas vidas....pra sempre!
Aquelas palavras machucou Marie,porém ela só estava pensando no melhor para a bela criança...só queria que ela tivesse um futuro melhor....
-Aceito...só faz um favor?Eu posso escolher o nome?
-O que você quiser!
-Destiny Hope...
Ela disse olhando para aquelas mãozinhas e passando a mão em sua cabecinha...apenas sorria...por um lado estava feliz!
-Destiny Hope-Pattie disse sorrindo e olhando para aquela criança tão inocente-
"Minha Destiny Hope",pensava Pattie,e sorria...agora ela era sua...sua filhinha que ela nunca tivera.


-Mãaaaaaaae o Justin ta quebrando meus lápis-Destiny gritava lá do seu quarto-
Agora com 6 anos...muito inteligente,era uma criança muito inteligente,nunca teve frescuras como as outras...adorava brincar de terra,não tinha nojo das coisas...Seu irmão,Justin adorava provoca-lá.,quebrava suas bonecas,seus lápis...quebrava tudo...Morria de ciúmes de Destiny por ela ser a irmãzinha mais nova...Uma vez ou outra quando brigavam Justin falava que ela era adotada,Destiny??Chorava horrores....Mas logo se sentia culpado por isso e pedia desculpas,Justin não sabia de nada,não sabia o que aconteceu lá no hospital,para ele,ela era sua irmãzinha mesmo...Pattie nunca fez o favor de contar,não queria que nada mudasse entre eles....e Ela estava certa!

-Não vale tem que beijar-Ryan,melhor amigo de Justin dizia sorrindo-
-Mas ela é minha irmã cara,não pode!
-Ah Justin me poupe,você sempre quis dar uns cata nela,.ninguém vai saber...e outra você perdeu a aposta,agora aguenta bonitão!
-Vocês só me metem em confusão....
Justin saiu da sua rodinha de amigos e foi falar com Destiny...eles estava sozinha,comendo seu sorvete e se deliciando nele...
-Oi-ele disse sorrindo-
-O que você quer brother-ela deu ênfase no brother,ela gostava disso,e nem sabia o porque-
-Só vim avisar que tá sujo aqui-apontou para seus lábios-
-Aonde?-ela tão inocente não percebeu a cantada,Justin se aproximou e a beijou,foi um beijo calmo e doce iria continuar se ela não tivesse o empurrado-
-Isso foi nojento eca
-Ninguém pode saber,foi impulso,você é minha irmã,isso é proibido,é pra calar a boca em pirralha
Justin disse isso e saiu...mal sabia ele que este beijo foi o caminho para Destiny ter certeza de sua dúvida,sim,ela sentia algo por ele,ela não podia se conter,sentiu borboletas no estomago,tudo que ela queria era pular de felicidade...Não ali...Não na frente dele!


-Tchau filho se cuida viu!-Pattie disse com lágrimas nos olhos-
-Ain mãe não fica assim poxa...eu nunca irei te esquecer...e outra,não é tão longe..são só alguns quilômetros...venho te visitar sempre,pode confiar!
-Tchau maninho-Destiny disse dando um abraço nele,não queria soltá-lo,não queria estar longe dele-
-Se cuida viu pequena,se precisar,me liga!-ele disse isso e sorriu-
Justin nunca sentiu nada por Destiny,achava ela linda,e queria dar uns pega nela,mas respeitava a coisa chamada irmã...sempre foi carinhoso com ela...as vezes ajudava ela no dever de casa...cuidava dela quando sua mãe não estava..levava ela pra passar a tarde dos amigos....Todos os seus amigos adoravam Destiny...
Justin tinha que tomar juízo,e agora com 19 anos tinha que querer algo da vida..se dependesse de Pattie,ela o sustentaria pra sempre...mas não...era ele quem queria isso...saber como é...não queria viver nas asas de sua mãe...digo mãe pois Jeremy(o pai) não era muito presente na vida deles....Mas enfim,Justin foi embora...Justin foi para Texas..uns quilômetros longe dali...E Destiny???Bom...Destiny apenas ficou ali..pensativa...por um lado era ruim pois ficaria sem vê-lo mas por outro...ela poderia esquece-lo...poderia não..ela ia esquece-lo..aquele amor era impossível nunca daria certo...nunca aconteceria..afinal eles eram irmãos....Isso não tem nexo,isso não tem sentido.....
"Destiny para com isso..esquece ele...esse amor é proibido...somos irmãos....daqui pra frente é uma nova vida...conhecer novas pessoas....viver o presente,sem olhar o passado....e imaginar o futuro..o que passou,passou...e tudo que passou ficou pra trás"
Ela pensava isso enquanto voltava para casa.

Bom gente,tá ai o primeiro capitulo...essa fic será diferente...será parecido com um livro...o narrador que conta  a história...isso é só o começo...espero que gostem....
Beijos com sabor de bala...
-Samy

4 comentários: